Como combater a Grilagem de terras

Um tipo de crime que ocorre com mais frequência do que se imagina é a falsificação de escrituras e registro de imóveis. No Brasil este crime é conhecido como Grilagem e tem por objetivo, através de falsificação, tomar posse de terras e imóveis urbanos de terceiros.

A grilagem ocorre com mais frequência em regiões menos povoadas, com grandes latifúndios e onde o poder público não é muito forte, tais como Nordeste e Norte do País. Geralmente o grileiro (pessoa que comete o crime de grilagem) escolhe fazendas muito grandes (com milhares de hectares) ou de pessoas que já faleceram e o imóvel encontra-se abandonado, aguardando o processo de inventário.

Estes criminosos geralmente agem em conjunto com funcionários de cartório e, assim, conseguem documentos (matrícula) perfeitos, muito semelhante ao autêntico.

De posse destes documentos, os compradores destas terras conseguem dar as mesmas em garantia de operações bancárias e levantar altas quantias.

Outro tipo de crime semelhante e muito comum envolvendo a transação imobiliária é a falsificação da assinatura de herdeiros em escrituras de imóveis, transferindo seu quinhão em benefício de outrem, segundo Evandro Correia Silva, sócio e perito grafotécnico da empresa NERO Perícias, especializada em perícia grafotécnica e de falsidade documental.

Evandro Correia Silva perito grafotecnico

Evandro Correia Silva perito grafotecnico

Ainda segundo Silva, os crimes envolvendo falsidade de documentos e assinaturas são muito comuns e, na maioria das vezes, muito fáceis de serem desvendados.

No caso de assinaturas, Silva explica que todo lançamento caligráfico origina do cérebro e, portanto, é impossível de ser falsificado. Apesar de uma falsificação ser muito parecida com a assinatura autêntica, a perícia grafotécnica consegue desvendar o crime, através de características genéticas e genéricas deixadas na escrita.

Já no caso de falsidade do documento, a perícia analisa tipo de papel, tinta e, em alguns casos, até a investigação dos fatos é necessária.

Uma dica muito importante para fazer uma transação imobiliária segura é sempre se dirigir ao cartório de registro de imóveis para tirar uma certidão atualizada do imóvel, pois só assim você terá um documento oficial informando as reais condições daquele imóvel que está transacionando.

Outra dica, no caso de assinaturas em Promessa de Venda e Compra, é sempre exigir uma autenticação por autenticidade no documento.

Adotando estas dicas as chances de ser vítima de um golpe se reduzem bastante.

Author: admin

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *